Gabriel García Márquez: Uma vida, biografia de Gerald Martin

Gabriel García Márquez - Uma vida“Todo escritor de princípios deveria ter um biógrafo inglês”, disse García Márquez sobre este livro em uma ocasião. Depois de dezessete anos de trabalho, mais de trezentas entrevistas e um rascunho com mais de três mil páginas, Gerald Martin conseguiu estar à altura dessa frase ao escrever uma biografia magistral, “tolerada” mais que autorizada, e saudada pela crítica americana e europeia como a obra definitiva sobre o grande escritor colombiano, quiçá o mais influente em língua espanhola dos últimos cinquenta anos. Esta biografia é a recém-lançada Gabriel García Márquez: Uma vida (Ediouro, R$89,90, 832 pág.)

Biografias de García Márquez que já haviam sido traduzidas para o Brasil eram Viver para contar (Record, R$59,90, 490), escrita pelo próprio autor, que, embora fosse um bom livro porque feito pelas mãos de Gabo, exibia deficiências próprias de autobiografias; e Gabriel García Márquez: Viagem à semente – Uma biografia (Record, R$70,00, 499 pág.), de Dasso Saldivar.

É um livro que permeia a vida e a obra do escritor mais fascinante e mítico do século. Desde sua infância em Aracataca e a fundamental relação com seu avô, Nicolás Márquez, sua juventude, o início como jornalista entre Cartagena e Barranquilla, o descobrimento da Europa, o regresso à América e o impacto da revolução cubana, sua consagração como escritor depois da publicação, em 1967, de Cem Anos de Solidão e o Nobel de Literatura em 1982, até a atualidade.

Sem dúvida, o capítulo mais instigante, emocionante e arrebatador é o que abarca o período de construção da sua obra-prima, Cem Anos de Solidão. É neste momento que aparece um escritor endividado, empenhando todas as coisas da casa enquanto se tranca para escrever um livro que era talvez sua única chance. A agonia das horas, dos dias, das semanas e meses de trabalho ininterruptos (seriam dezoito meses no total) para chegar ao final do que o autor da biografia chama de “catástrofe”, o processo de perda e angústia que acompanhou Gabo e sua família durante a feitura da saga de Macondo. Realmente incrível, mágico.

Estão presentes na obra personagens notáveis como Fidel Castro, Clinton, Cortázar, Vargas Llosa e seus trajetos cruciais: Colômbia, Barcelona, México.

Gerald Martin ocupa a cátedra emérita Andrew W. Mellon de línguas modernas na Universidade de Pittsburgh e foi professor de estudos caribenhos na Universidade Metropolitana de Londres. Já visitou todos os países da América Latina e escreveu intensamente sobre o continente. Durante vinte e cinco anos foi o único membro anglófono dos Arquivos de Literatura Latinoamericana de Paris (financiado pela Universidade de Paris e pela UNESCO), e presidiu recentemente o Instituto Internacional de Literatura Iberoamericana nos Estados Unidos. Entre as suas publicações, destacam-se Journeys Through the Labyrinth: Latin American Fiction in the Twentieth Century (1989), um dos mais exaustivos trabalhos históricos sobre a narrativa latinoamericana, e a monumental edição crítica (1981) e tradução (1975) de Hombres de Maíz, de Miguel Ángel Asturias. Desde 1990, Gerald Martin dedicou-se a estudar a vida e a obra de Gabriel García Márquez. Vive perto de Petersfield, em Hampshire.

Veja aqui o vídeo com uma entrevista que o biógrafo deu ao canal CNN em espanhol. 2° parte aqui.

Leia também:

Gabriel García Márquez completa 84 anos

Novo livro de Gabriel García Márquez

Gabriel García Márquez: Uma vida
Gerald Martin
A partir de: R$ 35,00
Comprar na:

Livraria Cultura

Buscapé

Saraiva
 

Extra

Ponto Frio

Casas Bahia

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*